Destaque do Parceiro: como a Artefact ajuda os clientes a construir suas estratégias de CDP

Destaque do Parceiro: como a Artefact ajuda os clientes a construir suas estratégias de CDP

Suportando uma Abordagem Centrada no Cliente para Ccelerar e Otimizar o Valor dos Dados

A crescente complexidade do espaço regulatório, bem como as possíveis soluções técnicas, dificultam até mesmo que empresas estabelecidas alcancem seus clientes com as interações personalizadas que desejam. Quando sua estratégia de crescimento exige melhorar seu entendimento e uso de dados de clientes na nuvem, você pode perceber que se beneficiaria com a contratação de um parceiro para execução. A Treasure Data possui uma rede de parceiros confiáveis e um dos parceiros é a Artefact, uma empresa global de serviços especializadaem consultoria e transformação de dados, também como marketing de dados e digital. A Arteface suporta algumas das maiores marcas do mundo, incluindo Nestlé, Sanofi e Samsung.

A Treasure Data entrevistou recentemente Vinicius Guimarães, Consultor de Dados Sênior, e Alexandra Mangeard, LATAM Partner da Artefact, para ter um melhor entendimento de como a Artefact promove uma parceria com a Treasure Data para ajudar clientes a alavancarem dados e ter um impacto tangível em toda a cadeia de valor do cliente.

Treasure Data: Conte-nos sobre sua empresa.

Alexandra Mangeard: A nossa abordagem é única. Estamos na interseção de consultoria, marketing e ciência de dados, e nossas soluções data-driven colocam os consumidores no centro das estratégias de transformação digital das empresas.

Nossas mais de 1.000 pessoas são especialistas em consultoria de dados, data marketing e mídia digital, e nossas equipes trabalham juntas para ajudar nossos clientes a inovar de forma eficaz. Usamos tecnologias proprietárias de IA de ponta e uma metodologia ágil de operações de machine learning (MLOps) para implantar projetos de IA rapidamente, escalar com eficiência e garantir o sucesso.

Nossas equipes de especialistas em nossos projetos integram seu trabalho:

Get Treasure Data blogs, news, use cases, and platform capabilities.

Thank you for subscribing to our blog!

  • 350+ Consultores de Dados que identificam o problema, desenham a solução e servem como a principal ponte entre o desafio de negócios e a solução técnica;
  • 150+ Cientistas de Dados que criam modelagem estatística de inteligência artificial e aprendizado de máquina;
  • 100+ Engenheiros de Dados que automatizam e industrializam modelos e produtos digitais e constroem/adaptam a infraestrutura e o pipeline de dados;
  • 100+ Analistas de Dados que analisam dados numéricos e os usam para ajudar as empresas a tomar melhores decisões;
  • 300+ Analistas de Marketing de Dados e Digital que são especialistas em canais de mídia e ajudam os clientes a projetar a melhor estratégia de marketing possível, planejamento de público e campanhas entre canais.

Treasure Data: Qual é o desafio mais importante com o qual você está ajudando seus clientes hoje?

Alexandra Mangeard: Identificamos que nossos clientes enfrentam três problemas principais no data marketing:
1. Medir se o impacto da estratégia de data marketing está alinhado com objetivos de negócios, por meio da construção de dashboards e de métodos de mensuração de Marketing ROI e CLTV (Customer LifeTime Value).
2. Orientar a equipe de marketing e parceiros externos na adoção de novas tecnologias e melhores práticas data-driven, o que exige uma mudança de hábitos/processos e o desenvolvimento de um novo conjunto de habilidades analíticas.
3. Adaptar a ativação de mídia paga, que é baseada principalmente na ativação de cookies de terceiros, para um futuro sem cookies. Ajudamos na construção da estratégia de 1st party data, implementando as ferramentas corretas para centralização dos seus dados e a construção de uma dinâmica de Audience Engine para acelerar e otimizar a personalização de campanhas.

Treasure Data: Como você vê as CDPs desempenhando um papel fundamental no crescimento das empresas no futuro ?

Vinicius Guimarães: Investir em uma CDP é um fator-chave para ajudar as empresas a passar de uma abordagem “centrada no produto” para uma abordagem “centrada no cliente”. Antes das CDPs, era dificil para as empresas planejar assertivamente uma abordagem centrada no cliente, pois não tinham visibilidade de quem era o cliente e onde ele estava na sua jornada com a empresa. Isso impediu as empresas de alcançá-los com eficiência no momento certo, pelo canal certo, com a mensagem certa.

A CDP está resolvendo esses bloqueios. Além de seu valor técnico na centralização de todas as diferentes fontes de dados do cliente e na construção da visão 360º do cliente, uma CDP capacita a equipe de marketing a se tornar autônoma e proativa na ativação da jornada do cliente. É uma solução de ponta a ponta que concilia todos os diferentes atores da organização (TI, gerentes de marcas, operações de marketing, etc.) em torno de uma abordagem centralizada.

Com esta solução, os dados dos clientes se tornam confiáveis ​​e democratizados e, portanto, acionáveis, gerando valor para as empresas crescerem com estratégias consistentes e relevantes centradas no cliente.

Treasure Data: Como a CDP da Treasure Data se encaixa com as ofertas da sua empresa?

Alexandra Mangeard: A Artefact é uma empresa de serviços, não uma empresa de produtos, portanto a Treasure Data CDP é muito complementar à nossa oferta. O Treasure Data resolve o aspecto técnico da estratégia de dados do cliente e oferece uma ferramenta muito abrangente para os clientes usarem na centralização, processamento e ativação dos dados de seus clientes. A Artefact cria o ecossistema certo para que essa ferramenta traga todo o seu valor para a empresa.

Como eu gosto de dizer, mesmo se você tiver uma Ferrari, se você não souber dirigir, não tiver o combustível certo e o mapa certo, você pode não ganhar a corrida. A Artefact está aqui para ajudá-lo a projetar a melhor estratégia para o cliente, definir e executar os casos de uso para dar suporte à sua abordagem centrada no cliente, otimizar a CDP da Treasure Data para fornecer esses casos de uso e criar o modelo operacional e a governança de dados para que sua equipe seja eficaz.

Treasure Data: Qual é a maior diferença entre suas equipes/oferta de valor e a de seus concorrentes? É único de alguma forma?

Alexandra Mangeard: A Artefact está bem posicionada para suportar clientes em qualquer indústria e em qualquer mercado. Nossa empresa tem uma abordagem única e nos diferenciamos da concorrência nos pontos a seguir:

1. Dados de ponta a ponta e expertise digital:
Enquanto todo mundo fala sobre dados, na Artefact nós agimos. Temos a mentalidade de solucionador de problemas e uma abordagem transparente. Sempre começamos entendendo quais são os desafios de negócios antes de desenvolver qualquer tecnologia ou use case. Apoiamos nossos clientes desde a estratégia até as operações: Desenho, Desenvolvimento e Ativação. Não apenas orientamos nossos clientes em sua jornada de transformação, mas também garantimos que estamos desenvolvendo uma abordagem sustentável que não cria uma dependência dos serviços contínuos da Artefact. Para fazer isso, nos certificamos de integrar nossa solução de IA ao sistema legado do cliente e fornecer continuidade de negócios (gerenciamento de mudanças, adoção e treinamentos).

2. Excelência em pessoas: competências multidisciplinares
Artefact possui metodologias próprias e uma equipe com expertise para trabalhar em conjunto em todos os nossos projetos. Parece trivial, mas a nosso ver é um dos maiores desafios entre as equipes de negócios e técnicas. Nossas equipes de recursos são capazes de entender os requisitos comerciais e técnicos e acelerar a identificação e a construção de soluções.
^ 350+ Consultores de Negócios
^ 150+ Cientistas de Dados
^ 100+ Engenheiros de Software
^ 100+ Analistas de Dados
^ 300+ Especialistas em dados e marketing digital

3. Tecnologia avançada de IA e metodologia ágil de MLOps
Somos agnósticos de tecnologia, combinando códigos personalizados avançados, software de código aberto e tecnologias proprietárias. Sabemos como selecionar e implantar a tecnologia certa e os casos de uso de IA para responder melhor ao desafio de negócios de nossos clientes. Mas, principalmente, sabemos como impulsionar nossos clientes além do PoC e operacionalizar totalmente o melhor da metodologia ágil de MLOps.

4. Histórico global de sucesso
Nós projetamos e implementamos mais de 80 plataformas de dados em todo o mundo e somos especialistas importantes em tecnologia da Treasure Data. Implementamos o TD para empresas B2C e B2B, organizações multimarcas/multi-BU e escopo multirregional. Nosso modelo operacional e expertise tecnológica nos permitem implementar o TD de acordo com as necessidades e contextos específicos de nossos clientes.

Treasure Data: Você pode falar sobre como você resolveu um ou dois problemas de clientes utilizando dados de clientes?

Vinicius Guimarães: Existem vários problemas que podem ser alavancados por meio de uma CDP e para os quais a qualidade/eficiência é potencializada pelo modelo de unificação de clientes. Alguns exemplos usando Treasure Data que resolvemos são:

1. Como personalizar a comunicação com base no engajamento do cliente com a minha marca?
Criamos uma ‘métrica de engajamento’ unificada aplicando várias regras de negócios (ex.: comportamento de compra ou interação). Aqui, exploramos diferentes tipos de dados disponíveis em nível de cliente, e após a criação dessa ‘pontuação de engajamento’, disponibilizamos isso no Audience Studio da Treasure Data para permitir segmentações usando a nova pontuação como regra (ex.: “ Clientes de Alto Engajamento”). Sob a nova pontuação, os segmentos mais engajados tiveram um impacto positivo na taxa de abertura e clique em mais de 50%. Usar a métrica de engajamento unificada e adicionar outros sinais/regras no topo permite que a marca atinja um nível mais alto de personalização no nível do cliente.

2. Como posso aproveitar e provar o valor dos dados first-party em campanhas de mídia paga?
A CDP da Treasure Data e seus conectores nativos foram fundamentais para executar este use case. Para uma ativação piloto, audiências first-party foram segmentadas dentro do Audience Studio da Treasure Data de acordo com regras específicas da marca e exportados para Facebook Ads via conector nativo, que foram facilmente ativados. Esse processo ajudou a equipe de marketing a provar o valor dos dados first-party e comparar o desempenho com o público third-party. Em termos de resultados, segmentos first-party foram ativados via a solução de customer match de clientes e também foram criados lookalikes, o que gerou uma CTR entre 2x-4x maior que a ativação third-party.

Treasure Data: Como a Artefact vem usando a mudança de mentalidade do cliente para impulsionar um maior uso de dados em marketing empresarial?

Alexandra Mangeard: Com novos dados e novas tecnologias, surgem novos casos de uso e formas de trabalho inovadoras. Para implantá-los com sucesso, a equipe de marketing e os parceiros precisam adaptar seu modelo operacional para um processo mais dinâmico e proativo. Dessa maneira, as equipes envolvidas precisam estar preparadas para tomar decisões cada vez mais data-driven, executar análises e extrair insights com frequência. Ferramentas como a CDP oferecem uma grande vantagem para iniciar use cases, mas sem as pessoas e processos certos para apoiá-lo e otimizá-lo, você logo perderá a vantagem competitiva que a ferramenta oferece.

Para saber mais sobre o impacto das regulamentações de privacidade e da depreciação de cookies para estratégias de publicidade e de dados, leia o e-book da Artefact, The rise of the Customer Data Platform in a cookieless world – em inglês.. Para maiores informações sobre a Artefact, visite https://artefact.com – em inglês.

Vinicius Guimarães

Vinicius Guimarães | Consultor de Dados Sênior

Formado pela Universidade de São Paulo (Brasil), Vinicius trabalhou 1 ano na equipe comercial da Raccoon Marketing Digital (agora Raccoon.Monks, parte da S4 Capital) onde como New Business Specialist ganhou experiência em temas de marketing digital . Ele trabalha no escritório brasileiro da Artefact há quase 2 anos. Como Consultor de Dados Sênior, ele ajuda os clientes a transformar dados em valor de negócios por meio de diversas ofertas, como Data Marketing, CDP, Data Migration e Data Factory.

Alexandra Mangeard

Alexandra Mangeard | Sócia LATAM

Formada pela ESCP European Business School, Alexandra trabalhou por 2 anos como consultora na Accenture Strategy, onde desenvolveu expertise em tópicos de estratégia de marketing e migração digital. Ela então se juntou à Artefact França há 5 anos para se especializar em métodos de estratégia data-driven e desenvolver sua experiência técnica e de mídia. Ela trabalha há 2,5 anos no escritório brasileiro compartilhando sua experiência com o mercado LATAM.

Valerie Hague
Valerie Hague
Valerie has been helping clients connect the dots and complete their projects successfully for over 10 years.  As a Partner Success Manager, she works closely with partners to ensure they’re well prepared to deliver optimal results for their customers, and supports them throughout the implementation lifecycle.  She comes to Treasure Data from SAS Institute, a big data analytics company, where she was a program manager for US government customer projects.  Before SAS, she was at Cisco Systems, and previously spent several years working for the US Department of Defense.   
Related Posts